Monstro sem pai

Monstro sem pai

Anistia ao Caixa 2 de políticos transforma democracia de iguais numa sociedade de castas

José Nêumanne

24 de novembro de 2016 | 12h02

Relator está comemorando o quê? Foto Dida Sampaio/Estadão

E o relator está comemorando o quê? Foto Dida Sampaio/Estadão

Acordão para livrar a cara dos políticos encalacrados na Lava Jato chegou à perfeição em matéria de enganação: relatório da comissão especial para debater o projeto das dez medidas contra a corrupção foi aprovado por unanimidade depois de negociado com promotores que o levaram à Câmara com 2 milhões de assinaturas de eleitores. Mas no plenário será rasgado para a nova lei anistiar todos os políticos que praticaram o delito até a data da aprovação da nova lei e amedrontar juízes e promotores que ousarem acusar e investigar os donos da bola de um país que está preparando essa legislação para criar uma sociedade de castas como na Índia ancestral. O pior é que nem pai o monstro tem.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quarta-feira 23 de novembro de 2016, às 7h14)

Para ouvir clique no link abaixo e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.