Moedor de reputações

Moedor de reputações

Surpresas da Lava Jato reduzirão influência de pleito de 2016 sobre o de 2018

José Nêumanne

01 de novembro de 2016 | 08h51

Moraes garante sobrevida da Lava Jato

Ministro garante sobrevida da Lava Jato

Quem conta com influência das vitórias e derrotas no pleito municipal de outubro passado na eleição de 2018 para governador e para presidente se esquece que vencedores assumirão prefeituras em penúria total e que cada uma delas representa uma realidade que não pode ser somada com outras. Mas, sobretudo, se esquece que não dá para parar o moedor de reputações da Lava Jato, que, segundo garantiu o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, do PSDB, só vai parar de investigar, acusar e julgar quando o Ministério Público Federal decidir que nada haverá mais a fazer. Ou seja, ainda há muitas bombas a explodir e muitos projetos políticos a se esfarelar no caminho da força-tarefa.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 31 de outubro de 2016, às 17h35m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.