Misturando as bolas

Misturando as bolas

Em vez de usar misturador, Temer devia mandar gravar conversas para ser mais transparente

José Nêumanne

20 de julho de 2017 | 17h10

Temer & Maia, quanto mais juntos melhor para evitar traições Foto: Dida Sampaio/Estadão

O Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado de quinta-feira 20 de julho de 2017 começou com meus tópicos do Direto ao Assunto: o misturador de voz nos palácios onde Temer conversa, as contas bancárias de Lula bloqueadas pelo Banco Central por ordem da Justiça, mais uma acusação feita a Renan, Jader e Aníbal no âmbito da Lava Jato, a delação premiada de Marcos Valério, do mensalão, enfim aceita pelo MPF, e as lições trazidas ao País pelos escândalos da Oi e do novo Refis. Eliane Cantanhêde discorreu sobre a nova bomba, que saiu de onde não era esperada: um outro operador do PMDB dando nome aos bois, e, segundo nossa analista, tem mais: Marcos Valerio, operador do mensalão, ressurge das trevas para fazer mais um estrago na política. Alexandre Garcia comentou o jantar de Temer para Rodrigo Maia, o bloqueio das contas do ex-presidente da República petista pelo Banco Central e o acordo do citado Marcos Valério com a Polícia Federal. Sonia Racy registrou o anúncio de ajuda concreta para combater insegurança jurídica no RJ, anunciada por Temer. E Marília Ruiz, em seu Perguntar não ofende, contou que Neymar talvez vá para o PSG por milhões!

Para ouvir clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.