As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maioria não quer que Bolsonaro renuncie

Segundo DataFolha, 59% dos entrevistados em sua última pesquisa não querem que presidente deixe cargo e isso significa que cidadãos querem que outros poderes respeitem sua vontade no voto

José Nêumanne

06 de abril de 2020 | 21h48

Bolsonaro não deve sair da Presidência da República conforme opinião de 59% dos entrevistados na pesquisa da DataFolha feita de 1.º a 3 de abril. Foto: Evaldo Peres/AP

Nova pesquisa do DataFolha, feita entre quarta-feira, 1.º de abril, e sexta-feira, 4, constata que 59% dos entrevistados não querem que o presidente Jair Bolsonaro renuncie ao cargo;37% preferem a renúncia dele; e 4% não souberam decidir. Este resultado mostra que o cidadão respeita a decisão pessoal e intransferível do chefe do governo a respeito de sua permanência no posto mais poderoso da República brasileira, ao qual chegou por manifestação livre e soberana da maioria dos eleitores aptos a votar. E o advogado-geral da União, André Mendonça, em resposta a inquirição feita pelo ministro Alexandre de Moraes, informou que o governo federal garantirá as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, seguidas por outros 195 países. Ou seja, pelo compromisso escrito do representante legal da Presidência ao STF não há risco algum de que Bolsonaro intervenha para suspender por decreto decisões adotadas por governadores e prefeitos brasileiros no mesmo sentido. Este também é o assunto de minha conversa com Felipe Moura Brasil, de O Antagonista, que poderá ser acompanhada com um clique no link: http://neumanne.com/novosite/entrevis… Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.