As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maia sujo contra Moro limpo

Botafogo do propinoduto da corrupteira Odebrecht acusa Moro de tentar acuar instituições na verdade para evitar que leis propostas por ex-juiz ampliem sucesso que este já vem obtendo sem contar com legislação adequada

José Nêumanne

06 de outubro de 2019 | 18h53

Alvo de investigação por corrupção, Maia fala mal do ministro Moro por ter encaminhado pacote de leis anticrime à Câmara, que ele preside, e a Lava Jato, que investiga. Foto: Felipe Rau/Estadão

Rodrigo Maia, o Botafogo da Odebrecht, acusou Sergio Moro, ex-juiz honesto, que combateu a corrupção de chefões políticos e empresários comprometidos com a malversação de verbas públicas, caso dele, de tentar “acuar as instituições democráticas deste país”, pelo fato corriqueiro de, sendo ministro da Justiça e da Segurança Pública, encaminhar ao Congresso o pacote anticrime. Como líder da organização criminosa que atende pela alcunha de “centrão”, ele está apenas tentando evitar que os índices de criminalidade, reduzidos na gestão ministerial do ex-juiz da Lava Jato, caiam ainda mais se as leis propostas forem aprovadas e sancionadas, como deveriam ser e como deseja o povo brasileiro. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Tendências: