Lula no velório do neto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula no velório do neto

Misturar política com morte do neto de Lula, de 7 anos, e presença do avô no velório e na cremação é desumanidade que diz muito do pouco respeito pela vida da criança pelo avô, aliados e adversários.

José Nêumanne

02 de março de 2019 | 20h16

Lula chora com a família a dor profunda da morte muito precoce de seu neto Arthur, vítima de meningite meningocócica. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Lula da sala de estado maior na superintendência da PF em Curitiba para comparecer ao velório e à cremação de seu neto Arthur, que morreu aos 7 anos de meningite meningocócica, foi corretíssima. Pois o respeito à vida humana prevalece sobre opiniões e conflitos políticos e ideológicos e também sobre eventuais princípios éticos ou razões de natureza penal e judicial. As posturas do próprio petista, de sua aliada Gleisi e de seu adversário Eduardo Bolsonaro não condizem  com a condição de líderes partidários nem  com sua profissão de fé cristã. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique aqui