Lula inelegível lidera Ibope
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula inelegível lidera Ibope

Petista aumenta distância de outros candidatos na pesquisa por causa da lembrança de bonanças em seu mandato, pela mediocridade dos concorrentes e pelo marketing de vitimização de sua falsa campanha

José Nêumanne

21 Agosto 2018 | 12h08

Apesar de não poder mais falar em público como na foto de março em Curitiba, Lula, preso, faz campanha seguindo tática do PT. Foto: Eraldo Peres/AP

Mesmo inelegível, o ex-presidente Lula distanciou-se ainda mais de concorrentes que aparecem muito distantes dele na primeira pesquisa do Ibope Estadão-Globo. Isso resulta do excelente recall que ele tem, pois está vivo na lembrança do povo seu mandato de bonanças, que não foi atingido pela crise resultante da roubalheira que quase levou a Petrobrás à falência e provocou a maior crise econômica, financeira, política e ética da História do Brasil. Essa vantagem tem mais duas causas: quase todos os outros candidatos participaram do furto, como seus comparsas ou a condição de oposição de fancaria, também comprometida por corrupção, do PSDB. Além disso, são todos eles fracos demais para empolgar.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107.3 – na terça-feira 21 de agosto de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique no link abaixo:

 

 

Abaixo, os assuntos para o comentário da terça-feira 21 de agosto de 2018

 

1 – Haisem – Que comentários você tem a fazer a respeito da permanência de Lula disparado à frente da pesquisa do Ibope divulgada hoje pelo Estadão e da posição de Bolsonaro, ainda bastante afastado dos outros candidatos da direita e, principalmente do centro?

 

2 – Carolina – Que tipo de força misteriosa têm o ex-ministro de Temer Geddel Vieira Lima, seu irmão e ainda deputado Lúcio e a mãe de ambos, Marluce, que continua até agora sem explicar a origem da fortuna em dinheiro vivo fotografada num apartamento usado pela família em Salvador?

 

3 – Haisem – Que importância simbólica tem para você a decisão do juiz Sérgio Moro de condenar por lavagem de dinheiro na Lava Jato o ex-vice-presidente da Câmara dos Deputados André Vargas, do PT?

 

4 – Carolina – O que dizer de mais um pedido do governo de Roraima ao STF para fechar as fronteiras com a Venezuela devido aos problemas causados pela invasão cada vez mais dramática dos refugiados oriundos da Venezuela em profunda crise econômica?

 

 

5 – Haisem – Tudo o que o governo federal tem a fazer a respeito do problema da fronteira com a Venezuela é o presidente Temer mandar 120 homens da Força Nacional e as declarações do general Etchegoyen de que fechar a fronteira é “ilegal e impensável”?

SONORA_ETCHEGOYEN 2108

 

6 – Carolina – A notícia da morte do primeiro militar, e depois mais um, em confronto com as quadrilhas do crime organizado em comunidades da periferia do Rio terá seu impacto reduzido por causa da decisão de silêncio sobre o lugar da ocorrência, decretada pelo interventor na segurança daquele Estado?

 

7 – Haisem – O que o impressionou tanto num estudo de uma consultoria chamada Macroplan, do jornalista Cláudio Porto, chamado Cinco cenários para o governo do Brasil 2019-2023?

 

8–Carolina – O que você tem a dizer sobre a morte do jornalista e dramaturgo Otavio Frias Filho?