Lula e as montadoras
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula e as montadoras

Palocci contou ao juiz Leite em Brasília tudo o que já tinha contado à PF sobre o que ouviu de Lula sobre propina milionária das montadoras de automóveis em troca de MP`de benefício fiscal para elas

José Nêumanne

07 Dezembro 2018 | 07h13

Paloocci conou ao juiz da Operação Zelotes o que diz ter ouvido de Lula sobre propina de montadoras de automóveis ao filho Luís Cláudio. Foto digital: Celso Júnior/AE

Em depoimento ao juiz Ricardo Leite no âmbito da Operação Zelotes, Antônio Palocci, ex-ministro da Fazenda de Lula e ex-chefe da Casa Civil de Dilma repetiu o que já disse em delação premiada à PF em Curitiba, onde mora na cadeia, sua versão a respeito da propina de R$ 2 milhões a R$ 3 milhões das montadoras de automóveis a Luís Cláudio, filho de Lula. De acordo com ele, o assunto foi tratado em conversa pessoal na qual o petista o dispensou de conseguir dinheiro para a empresa Touchdown, de marketing esportivo, porque o assunto já tinha sido resolvido por Mauro Marcondes, lobista da indústria automobilística desde os tempos do sindicato. É pouco ou quer mais? Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da sexta-feira 7 de dezembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida no player