Lula acusa Bolsonaro sem provas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula acusa Bolsonaro sem provas

Ex-presidiário petista, que exige provas de adversários políticos, polícia, MP, juízes, desembargadores e ministros da cúpula do Judiciário que o condenaram, acusa presidente da República de crime grave sem apresentar nenhuma prova

José Nêumanne

11 de novembro de 2019 | 20h58

De volta ao sindicato, onde começou na política, Lula denuncia maior adversário sem apresentar provas, que exige de polícia, MP e Justiça contra si mesmo. Foto: Miguel Schincariol/AFP

O ex-presidiário petista acusa o presidente da República de servir a milicianos do Rio, mas não apresenta provas, gesto de que acusa seus adversários, polícia, procuradoria, Justiça, juízes, desembargadores e ministros que o condenaram. Mas o acusado não se defende como deveria por protagonizar caso suspeito: os ministros do STF Toffoli e Gilmar Mendes proibiram que MP do Rio investigue seu filho Flávio, acusado de participar de um esquema de “rachadinha” na Alerj. O único jeito de inocentar o senador é deixar que investigação prossiga.

Tendências: