Lorota teimosa

Lorota teimosa

PT tenta aproveitar-se de entrevista de Galloro ao Estadão contando que presidente do TRF-4 mandou que não soltasse Lula para reforçar fantasia da perseguição, mas não muda fato de que ex é preso comum apenado

José Nêumanne

14 de agosto de 2018 | 07h07

Colorido exótico das manifestações por Lula Livre nas ruas não muda realidade de preso comum do ex. Foto: Sebastião Moreira?EFE

Com a entrevista do diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, a Andreza Matais, da Coluna do Estadão, o PT criou, como sempre faz quando se trata de seu líder máximo, Lula, a confusão de sempre. Galloro disse que o presidente do TRF-4, Thompson Flores, disse que ele não soltasse o condenado, desobedecendo com isso à ordem do plantonista do mesmo tribunal Rogério Favreto e o partido do político preso soltou uma nota reafirmando sua narrativa de realismo fantástico de que o réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro está preso ilicitamente por perseguição da polícia e do Judiciário. Até quando o PT ainda vai abusar de nossa paciência com essa lorota teimosa? Este é meu comentário no Estadão Notícias, no ar desde as 6 horas da terça-feira 14 de abril de 2018.

Para ouvir clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.