As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Londres venera Moro

Único brasileiro a entrar na lista de 50 celebridades da década feita pelo jornal britânico, ministro da Justiça tem tido dissabores no Brasil, onde é herói popular e sofre restrições do Congresso e do próprio chefe

José Nêumanne

25 de dezembro de 2019 | 21h09

Na lista de 50 celebridades da década no Financial Times, Moro disse que “o mérito é do movimento global anticorrupção que chegou à América Latina”. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O respeitado jornal britânico Financial Times só escolheu um brasileiro para sua lista de 50 personalidades que desafiaram instituições na década: o ministro da Justiça, Sergio Moro. Mas, se Londres o respeita a esse ponto, Brasília o despreza, porque o teme. Apesar de ter aprovado grande parte do pacote anticrime dele, inventou o juiz de garantias, que, aliás, Bolsonaro não vetou, como devia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: