Lira, cúmplice de Bolsonaro, diz Maierovitch

Lira, cúmplice de Bolsonaro, diz Maierovitch

No Dois dedos de prosa da semana, especialista em máfia avisa que presidente da Câmara perde poder discricionário, que passa a autoritário, ao desconhecer crimes do presidente da República

José Nêumanne

11 de julho de 2021 | 23h17

1 – O #desembargadorwaltermaierovitch lembrou que #arthurlira, presidente da #camaradosdeputados, corre o risco de se tornar cúmplice de #jairbolsonaro se continuar negando-se a abrir #processosdeimpeachment de #jairbolsonaro. 2 – O protagonista desta semana da série #doisdedosdeprosa falou de seu livro #mafia,podereantimafia, no qual contou que a #ditaduramilitar deu #cidadaniabrasileira a um #chefao da #cosanostra, alegando que ele tinha trabalho fixo no #cotonificiobangu do #bicheiro #castordeandrade. #joseneumannepinto., #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade salvará as nossas vidas.

Para ver vídeo no YouTube clique no link abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.