As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lewandowski, um censor no STF

Ministro do grupo dos "garantistas" decide prolongar censura exclusiva à Globo ao devolver processo da emissora que recorreu para garantir direito à liberdade de expressão, favorecendo filho de Bolsonaro

José Nêumanne

20 de outubro de 2020 | 10h57

Sempre fiel a Lula, que o indicou para o STF, Lewandowski omitiu-se em ação de censura à Globo para favorecer o primogênito de Bolsonaro contrariando decisões anteriores da Corte. Foto: Dida Samçaio/Estadão

O ministro do STF Ricardo Lewandowski negou recurso apresentado pela TV Globo e manteve a decisão da Justiça do Rio proibindo-a de exibir documentos ou peças do processo sigiloso da investigação sobre peculato que compromete o senador Flávio Bolsonaro. O ministro afirma que, apesar da ‘robustez dos argumentos’ apresentados pela emissora, o mérito do caso não pode ser analisado pelo Supremo, uma vez que ainda não foram esgotados os recursos em instâncias inferiores. Segundo o falso garantista, cabe antes ao Tribunal de Justiça do Rio julgar o pedido e decidir se derruba ou não a proibição imposta à TV Globo. Quando a causa é nobre, os falsos garantistas negam fogo. E se acumpliciam à abjeta censura dessa decisão da juíza da primeira instância, que já teve o aval de um desembargador do Tribunal de Justiça do Rio.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na terça 20 de outubro de 2020

1 – Haisem – Lewandowski nega recurso da Globo e mantém censura à divulgação de documentos do caso das ‘rachadinhas’ no gabinete de Flávio Bolsonaro – Este é o títulos de uma chamada de capa no Portal do Estadão de hoje. Qual sua opinião sobre a omissão do ministro, negando a tradição do Supremo Tribunal Federal, que sempre decidiu contra a censura à liberdade de informação prevista na Constituição da República

2 – Carolina – Sob pressão, Chico Rodrigues deixa Conselho de Ética que pode julgá-lo – Este é o título de uma das notícias dadas hoje no Portal do Estadão. Você acha que esta renúncia do senador flagrado pela Polícia Federas com notas de real na cueca é punição suficiente para a vergonha provocada pela atitude do parlamentar

3 – Haisem – O que você acha que motivou o desembargador Kássio Nunes Marques, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga do decano Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal, a procurar apoio também de empresários, que não participarão da sabatina do Senado para julgar a indicação amanhã

4 – Carolina – O poder das milícias do Rio – Este é o título de seu artigo publicado desde ontem no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão. De que especificamente trata esse seu texto

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.