Lembranças da família Capitão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lembranças da família Capitão

Minhas férias na adolescência na Rainha da Borborema tornaram-se inesquecíveis pelo convívio com amigos de meus pais descendentes do capitão Israel Silveira, músicos, alfaiates e agentes fiscais talentosos e bem humorados

José Nêumanne

24 de dezembro de 2019 | 20h10

Manoel Israel e Jaceme, casal que marcou minhas férias na adolescência em Campina Grande, cidade que aprendi a amar inclusive por causa deles. Foto: Acervo pessoal

De minha adolescência nos anos 60 em Campina Grande, Paraíba, tenho vívidas recordações de casas que me acolheram com carinho, humor, sabedoria e informação por conta da amizade com meu pai. São descendentes do capitão Israel e, por causa da patente, passaram a ser conhecidos , não tanto como Gomes da Silveira, sobrenomes de cartório, mas, sim, os “capitão”. É uma estirpe de músicos e alfaiates e, um deles, Manoel Israel, de ofício coletor de impostos, surge na memória deste eterno menino de sertão como responsável pelo meu amor pela música, apesar de meu ouvido incapaz de distinguir uma nota, e presto homenagem a ele, juntando-me ao grupo que o celebra nesta data de celebração da Sagrada Família, padroeira de nossa cidade natal, Uiraúna. Peço licença aos meus 349 mil inscritos para introduzir este vídeo feito por encomenda no domingo 22 de dezembro de 2019, aproveitando a folga dominical que dei aos comentários de política. Direto da memória. Inté. E só o afeto nos humaniza.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: