Lei para socorrer bandidos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lei para socorrer bandidos

Aprovada em votação simbólica só por líderes de bancadas e ocultando quem não quis se expor a apoiá-la, lei para punir juízes e promotores e socorrer bandidos e temerosos de serem descobertos facilita crime e corrução

José Nêumanne

15 de agosto de 2019 | 18h01

Maquiavel do Leblon, Maia fez fajuta votação simbólica para atender aos coleguinhas assustados, processados e condenados do Centrão e do PT. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Os assustados, denunciados e condenados por corrupção na Câmara dos Deputados – principalmente do PT e do Centrão, mas não apenas dessas duas quadrilhas – se aproveitaram do lero-lero do conta-gotas de ácido de Greenwald para aprovar em votação simbólica, ou seja, apenas dos líderes das bancadas uma lei que chamaram de “contra o abuso da autoridade”. Mentira![ É um texto legal para assustar e amordaçar juízes, promotores e policiais que combatem o crime organizado e a corrupção e aliviar bandidos que assaltaram os cofres da República, quando passaram pelo poder central. O objetivo agora é usar provas criminosas e não submetidas a perícia técnica oficial para afastar da luta  Deltan, da Lava Jato. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: