Guerra suja
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guerra suja

STF manteve Cunha preso por 8 a 1, e Jucá tentava ampliar foro de Rodrigo e Eunício

José Nêumanne

16 de fevereiro de 2017 | 10h01

Caju no Senado: PEC suspeita e recuo duvidoso Foto: Pedro França/Agência Senado

Caju no Senado: PEC suspeita e recuo duvidoso Foto: Pedro França/Agência Senado

A decisão de ontem do Supremo Tribunal Federal mantendo por 8 a 1 a prisão de Eduardo Cunha, decretada por Sérgio Moro, é histórica, pois, como alertou o juiz no despacho, soltar o ex-presidente da Câmara dos Deputados atingiria a Lava Jato no âmago, que é acabar com a impunidade dos criminosos de colarinho branco até hoje impunes no Brasil, salvo raríssimas exceções. Mas a PEC que Jucá tentou aprovar simultaneamente no Senado ampliando o privilégio de fora dos presidentes da Câmara e do Senado é uma vergonha, de vez que garantiria impunidade aos mandatários do Brasil. Uma excrescência no Estado de Direito em que prevalece o fundamento da igualdade de todos perante a lei.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 16 de fevereiro de 2017, às 7h41m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.