Lambança da Justiça para soltar Temer
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lambança da Justiça para soltar Temer

Protagonista de suspeitas e lambanças em suas decisões, desembargador Athiê soltou Temer, Moreira, Coronel Lima e pareceiros dois dias antes da reunião da 1.ª Turma, que ele mesmo havia convocado

José Nêumanne

26 de março de 2019 | 11h22

Solto por decisão do TRF 2, Temer embarca no jatinho da PF no Rio de volta ao lar, doce lar, em São Paulo. Foto: Fábio Motta/Estadão

Após quatro dias na sala de 46 metros quadrados com ar condicionado, onde foi dado como preso, o ex-presidente Temer foi solto em mais um capítulo, que, ao que parece, não será o último, numa conjunção espetacular de lambanças da alta cúpula do Judiciário. Escalado para julgar o habeas corpus dos advogados dos emedebistas presos pela Lava Jato do Rio, desembargador do TRF 2 do Rio Antônio Ivan Athiê convocou reunião da turma que preside alegando que não teve tempo de ler o processo e decidiu monocraticamente na antevéspera da reunião marcada depois de tomar conhecimento no fim de semana no recesso do lar e tecer loas à operação, mas demolindo ordem do juiz Bretas. Vôte!

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentário da terça-feira 26 de março de 2019

1 – Haisem – A redução do prazo de permanência de Michel Temer, Moreira Franco e do coronel João Batista Lima Filho na sala de 46 metros quadrados na sede da Polícia Federal do Rio pode ser incluída no rol de reveses da Operação Lava Jato desde a transferência dos crimes de caixa 2 para a Justiça Federal

SONORA_PROCURADORA 2603

2 – Carolina – A que você atribui a súbita mudança da decisão do desembargador Antônio Ivan Athiê que, em vez de submeter o habeas corpus dos presos por Bretas à Primeira Turma do TRF 2, o que teria planejado para fazer amanã o concedeu

3 – Haisem – Como ficam os petistas e coleguinhas que defenderam com tanto ardor a condição de ativista de Cesare Battisti depois da confissão que ele próprio fez na Itália de que não passa de um reles e frio assassino

4 – Carolina – O que você quis dizer no título de seu artigo que circula no Blog do Nêumanne desde ontem: Maia atira na reforma da Previdência, mas mira na Lava Jato

5 – Haisem – Pressionado, Bolsonaro promete empenho pela Previdência, informa a manchete do Estadão hoje. Isso quer dizer que até agora ele não se tinha empenhado, é

SONORA_BOLSONARO  2603

6 – Carolina – Quando será que o Brasil vai ter um Ministério de Educação que se leve a sério, pondo fim a esse puxa-encolhe de faz e desfaz, decide e recua, assumido pelo ministro Vélez Rodrigues

7 – Haisem – O que há de comum entre o garimpeiro tarado e cruel que assediava e agora até se sabe que tentava assassinar mulheres e o curandeiro respeitado e até venerado por doentes terminais que apelavam para seus falsos dotes de curandeiro

8 – Carolina – Que relação se pode estabelecer entre o segundo aniversário do arrombamento da represa de rejeitos minerais de Brumadinho e o ensaio de retirada de outra cidade ameaçada por represa da Bale, Barão de Cocais

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.