Juízes de verdade reagem
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Juízes de verdade reagem

Logo após ter sido solto pelo desembargador que considera propina igual a gorjeta, Temer foi feito réu por juiz da primeira instância pelo flagrante do capacho fugindo da pizzaria com mala de dinheiro

José Nêumanne

29 de março de 2019 | 12h05

Rocha Loures foge da pizzaria, mas Temer não escapou da piada pronta e terminou virando réu por causa do flagrante. Foto: Reprodução

Numa reação à cruzada da impunidade, conspiração dos suspeitos do Congresso com os intocáveis impunes do STF, os juízes de verdade de primeira e segunda instâncias abriram temporada de caça aos sem foro privilegiado. Logo após ter sido preso pela Operação Lava Jato e solto pelo desembargador símbolo da canonização da gorjeta, o ex-presidente Temer agora é réu num dos escândalos mais escabrosos da politica nacional: o flagrante filmado de seu capacho Rocha Loures ao sair de uma pizzaria carregando uma mala com 500 mil reais. Enquanto isso, o juiz que o prendeu condenou os beneficiários de habeas corpus do Gilmar Mendes e o TRF 2 fez o mesmo com a cúpula emedebista da Alerj. Ufa!

Para ouvir clique clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para o comentário da sexta 29 de março de 2019

1 – Haisem – Surpreende que, logo depois de ter sido preso e, em seguida, solto, o ex-presidente Michel Temer seja agora considerado réu no processo da famosa corrida com a mala de seu assessor de assuntos aleatórios, Rodrigo Rocha Loures

2 – Carolina – O que significa essa temporada de condenações na primeira instância: além de Temer, os deputados estaduais fluminenses Jorge Picciani, Paulo Melo e Albertassi e o rei dos ônibus Jacob Barata Filho e mais 10 em outro processo também no Rio

3 – Haisem – Depois do café da manhã marcado pela líder do governo na Câmara, Joice Hasselmann, na Casa da Câmara, com o presidente Rodrigo Maia, faz sentido o ministro Sérgio Moro sair animado com a sorte, até agora duvidosa, de seu pacote anticrime

4 – Carolina – Em outra refeição com o presidente da Câmara, desta vez com o ministro da Fazenda, Paulo Guedes saiu do encontro comemorando a possibilidade de uma votação simultânea da Previdência e do projeto do ministro da Justiça. Será que isso é possível mesmo

5 – Haisem – O que, na sua opinião, levou o presidente Jair Bolsonaro a levantar bandeira branca para o adversário mais recente de seus tuítes, Rodrigo Maia, dizendo que a rusga foi apenas “chuva de verão”

SONORA_BOLSONARO 2903

SONORA_MAIA 2903

6 – Carolina – Logo após a indicação pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Felipe Francischini, de Marcelo de Freitas, do PSL de Minas Gerais, para relatar a reforma da Previdência, surge uma questão: quem será esse ilustre parlamentar, hein?

7 – Haisem – Será de bom alvitre o leilão de um trecho da ferrovia Norte-Sul, vencido pela Rumo, do Grupo espanhol Cosan

8 – Carolina – Quais sua intenção e o resultado dela ao entrevistar a pesquisadora cearense Isabel Lustosa, da Casa de Ruy Barbosa, na série Nêumanne entrevista em seu blog no Portal do Estadão

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.