Joesley solto de novo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Joesley solto de novo

A PF, o MPF e o contribuinte brasileiro terão de esperar outra ocasião para, enfim, ouvirem o relato do dono da JBS sobre como desgovernos do PT financiaram crescimento da empresa com dinheiro do BNDES

José Nêumanne

13 Novembro 2018 | 07h06

Ministro do STF mandou soltar Joesley por concordar com defesa de que prisão foi ilegal. Foto: Valéria Gonçalvez/Estadão

Ainda não vai ser desta vez que o marchante Joesley Batista vai contar em sua delação premiadíssima à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal como aconteceu o milagre da multiplicação da carne pelo qual o açougue de duas portas de sua família em Anápolis (GO) na empresa monopolista de produção e comércio de proteína animal no mundo. Insatisfeita com a omissão desse segredo e, sobretudo, com a tentativa aparente do delator de manobrar sua investigação, a autoridade o prendeu novamente, mas incontinenti a defesa conseguiu do relator da Operação Capitu no STJ, ministro Nefi Tales, que soltasse os acusados recolhidos ao xilindró, aceitando alegação de prisão ilegal. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas da terça-feira 13 de novembro de 2018.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player