Incúria na vacinação contra covid no Brasil

Diplomacia preconceituosa e arrogante e incompetência no comando da República põem País no fim da fila das vacinas disponíveis no mundo e isso paralisará o esforço para por fim à mortandade pela crise sanitária

José Nêumanne

19 de janeiro de 2021 | 21h29

Vacinas coronavac, desprezadas pelo presidente e seus asseclas, saíram de Brasília para iniciar de forma incipiente vacinação de parte do pessoal da saúde nos municípios brasileiros. Foto9: Gabriela Biló/Estadão

As dificuldades na importação de doses e de insumos para produzir vacinas ameaçam fortemente a campanha de vacinação brasileira iniciada em São Paulo domingo 17. Para especialistas, há risco real de a vacinação contra a covid-19 ser interrompida em pouco tempo por falta total de imunizantes. O plano de imunização começou com apenas seis milhões de doses da Coronavac, importadas da China. Atualmente, o volume disponível não é suficiente nem mesmo para vacinar os profissionais de saúde, que somam cinco milhões de pessoas no Brasil.  Há pouca transparência sobre a anunciada parceria da Fiocruz na produção em território brasileiro da vacina produzida p.ela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. E muita dependência da Índia e da China. Por que, aliás, a Pfizer não foi comprada quando  era viável?

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na terça-feira 19 de janeiro de 2021

 1 – Haisem – Falta de insumos pode parar programa de vacinação no País – Esta é a manchete na primeira página da edição impressa do Estadão de hoje. Em que esta notícia, originária da China, pode reverter a onda de otimismo que sacudiu o Brasil no começo desta semana com o começo da vacinação em São Paulo

 2 – Carolina – Como você recebe a notícia de que a Advocacia Geral da União admitiu que o Brasil foi avisado da falta de oxigênio em Manaus dez dias antes de a notícia dessa tragédia ser conhecida publicamente

 3 – Haisem – Famílias improvisam UTI em casa no Amazonas – Este é título de chamada no alto da primeira página do jornal hoje. A que conclusões você chega ao tomar conhecimento de improviso no atendimento a doenças graves no Norte do País

 4 – Carolina – Para Bolsonaro, militares decidem se há ou não ditadura – Este é título de chamada de primeira página no Estadão hoje. Que tipo de risco corre a democracia no Brasil depois de uma declaração sinistra como esta do presidente da República

 5 – Haisem – Manaus sem ar, cheiro de morte e golpe – Este é o título de seu artigo semanal publicado no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão ontem. Para que aspecto do cenário político brasileiro você chama a atenção nesse texto

 6 – Carolina – País perde um dos ícones da publicidade – Este é o título de uma chamada da primeira página do jornal hoje. O que você tem a dizer sobre a morte de Alex Periscinoto, vítima de complicações provocadas pela covid, aos 95 anos de idade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.