Imunização tem slogan, mas vacina não

Ministério da Saúde planta notícia de que campanha de vacinação deve começar em 20 de janeiro, cinco dias antes do previsto por Doria em São Paulo, e para fazê-lo tem propaganda, mas não imunizante

José Nêumanne

14 de janeiro de 2021 | 20h14

Apesar de ainda não ter batido o martelo sobre uma data para a vacinação em todo o País, intendente Pazuello tem dito que, na melhor hipótese, começa em 20 de janeiro Foto: Gabriela Biló/Estadão

O Ministério da Saúde planeja o “dia D e hora H”, ou seja, o começo da vacinação contra a covid-19 no País em um evento no Palácio do Planalto, apesar de o próprio presidente Kaor Bpçspmarp afor,ar que não pretende ser imunizado. A ideia é realizar a primeira imunização no País na próxima terça-feira, 19, data em que governadores devem estar em Brasília para participar de reunião com o ministro Eduardo Pazuello. “Brasil imunizado, somos uma só nação”, é o slogan planejado para a cerimônia, que ainda não foi confirmada. A proposta é vacinar uma pessoa idosa e um profissional de saúde. O Palácio do Planalto afirma que ainda não há cerimônia prevista, mas o assunto está em discussão no Ministério da Saúde, com o aval do ministro Pazuello. Falta confirmar em que picadeiro ela poderá acontecer.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Assuntos do comentário da quinta-feira 14 de janeiro de 2021

1 – Governo planeja iniciar vacinação na terça-feira – Este é título de chamada no alto da primeira página do Estadão de hoje. Será que, até que enfim, depois de idas, vindas e piadas do presidente da República para seus seguidores no jardim do Planalto da Alvorada, o Brasil entrará no mundo civilizado da imunização da pandemia e de esperança na economia, hein

2 – Com eficiácia da Coronavac, Brasil precisará vacinar 99% do público-alvo – Esta é a manchete da capa do Portal do Estadão hoje. Será possível atingir tanta gente assim no Brasil para termos, enfim, a sonhada imunidade de rebanho

3 – Vecina aposta no sucesso da vacina – Este é o título da edição extra Nêumanne entrevista Gonzalo Vecina, no Blog do Nêumanne desde ontem. Que contribuição o fundador e primeiro presidente da Anvisa nos traz neste momento de angústia e esperança

4 – Projeto dá à PM fiscalização sobre segurança privada – Este é o título de chamada de primeira página do Estadão hoje. Quantos projetos de transferência de poderes para policiais militares estaduais ainda estarão para ser descobertos nos trâmites legislativos na gestão bolsonarista

5 – Bolsonaro quer demitir o presidente do Banco do Brasil – Este é título de chamada no alto da primeira página do Estadão de hoje. Por que uma demissão rotineira na administração pública federal ganha tanto destaque no jornal

6 – Câmara dos Estados Unidos aprova pela segunda vez impeachment de Trump – Esta é a manchete da primeira página da edição impressa do Estadão de hoje. Em que resultará essa decisão tomada pela maioria democrata na Casa dos Representantes, em Washington.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.