Impeachment é difícil, mas possível

Grandes empresários, dirigentes de bancos e agentes do mercado financeiro convenceram Lira e Pacheco a pressionar Bolsonaro para que adote atitudes mais racionais para salvar o próprio mandato

José Nêumanne

29 de março de 2021 | 19h46

Lira e Pacheco tiveram nove encontros com pesos pesados do PIB brasileiro e saíram das reuniões com a certeza de que chegou a hora de forçar mudança de postura de Bolsonaro. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Nove encontros da cúpula do Congresso com grandes empresários, representantes de bancos e do mercado financeiro resultaram em movimento político pela intervenção no desgoverno deBolsonaro. Os mais de 300 mil mortos pela covid-19 e a situação cada vez pior da economia levaram os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, a afinarem o discurso com o mercado. Ambos têm colocado o impeachment como possibilidade, se as conversas com o governo fracassarem. As cobranças mais urgentes do setor econômico são a demissão dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A avaliação recorrente nas reuniões é de que Araújo atrapalha as negociações por vacinas e insumos da Índia e da China. E Salles prejudica contatos com os Estados Unidos .

Para ouvir comentário, clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na segunda-feira 29 de março de 2021

1 – Haisem – Centrão e empresários dão ultimato a Bolsonaro em meio às crises no País – Esta foi a manchete do Estadão na edição impressa de ontem e continua como título de destaque no Portal hoje – Você acha que este é o caminho certo para amenizar os efeitos da crise sanitária e dos conseqüentes recessão econômica e caos mortuário no Brasil

2 – Carolina – Estados têm risco de “apagão” de profissionais nas UTIs – Esta é a manchete da edição do jornal hoje nas bancas e para assinantes. Que causas e conseqüências a concretização do colapso anunciado da saúde pública brasileira tinham, têm e terão para o cotidiano de nosso povo

3 – Haisem – Araújo ataca Kátia Abreu e eleva a tensão no Senado – Este é o tíulo de uma chamada de primeira página ao lado da manchete no Estadão de hoje. O que ainda sustenta em seus cargos públicos o chanceler e o assessor olavista Filipe Martins, que usou gesto racista em depoimento do chefe do Itamaraty em sessão no Legislativo

4 – Carolina – “Pedalada” no Orçamento deve parar no TCU – Este é o título de uma chamada na primeira página do jornal de hoje. Será que o que foi fatal para derrubar Dilma Rousseff terá ou não o mesmo efeito em relação a Jair Bolsonaro, hein?

5 – Haisem – Carvalhosa: Gilmar é gabinete do ódio no STF – Este é o título do vídeo da série Nêumanne entrevista, esta semana no Blog do Nêumanne do Portal do Estadão, com o professor da USP e especialista em corrupção. O que você tem a nos oferecer de spoiler a respeito desse assunto

6 – Carolina – Deonísio nos bastidores da literatura – Este é o título do vídeo da série Dois dedos de prosa, no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão, com depoimento do professor de literatura que apresenta um programa diário de rádio sobre a origem das palavras e expressões da língua portuguesa. Para que assuntos nesse programa você chama nossa atenção

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.