Ícone manchado

Com filho de Teotônio Vilela no propinoduto da Odebrecht, resta pouco de limpo na velha política

José Nêumanne

01 de dezembro de 2017 | 12h09

Se Téo Bobão pegou propina de R$ 2 milhões, quanto coube aos espertalhões?

(Comentário no Jornal da Gazeta 1 da quinta feira 30 de novembro de 2017)

Para ver clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.