Haddad indultará Lula?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Haddad indultará Lula?

Bolsonaro fez transmissão direto ao vivo pelo Facebook direto do hospital denunciando possibilidade de fraude nas urnas e de Haddad, se vencer eleição, indultar presidiário Lula

José Nêumanne

17 de setembro de 2018 | 16h43

O filho Eduardo grava live de Bolsonaro para redes sociais na unidade semi-intensiva do Einstein. Foto: Twitter/Eduardo Bolsonaro

No leito do hospital, onde convalesce da segunda cirurgia depois da facada em Juiz de Fora, Bolsonaro fez transmissão ao vivo pela internet denunciando fraude na eleição e certeza de que Lula será indultado por Haddad, caso seu adversário petista na eleição presidencial vença a disputa. A advertência não é fora de propósito, pois há ao menos um precedente recente: outro poste lulista na Presidência, Dilma Rousseff, indultou os companheiros petistas condenados no mensalão e ficaram na cadeia para cumprir penas apenas os operadores da maracutaia e empresários que pagaram propinas. Por isso, o vídeo, que registra sua emoção e circula nas redes sociais, tem muita força e um evidente impacto de comunicação.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – da segunda-feira 17 de setembro de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Abaixo, os assuntos para o comentário da segunda-feira 17 de setembro de 2018

 

1 – Haisem – Em vídeo gravado no Hospital Albert Einstein, onde se recupera dos ferimentos causados pela atentado a faca de que foi vítima em Juiz de Fora e divulgado nas redes sociais, o candidato do Partido Social Liberal (PSL) à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro, alertou que, se eleito, o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) ao mesmo posto, Fernando Haddad, dará indulto a Lula. Você acha que isso é possível?

SONORA_ BOLSONARO 1709

 

2 – Carolina – Marcelo de Moraes relatou no BR 18 do Portal do Estadão que o candidato petista na eleição presidencial perdeu uma clara oportunidade de esclarecer a possibilidade de indultar Lula, mas preferiu calar sobre este tema de grande interesse. Por que será que fez isso?

 

3 – Haisem – Confrontado pelos apresentadores do Jornal Nacional de sexta-feira passada com a necessidade de seu partido pedir desculpas pelas evidências de corrupção do PT nas gestões de Lula e Dilma, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad atribuiu a esses governos o feito de terem fortalecido as instituições para combater a corrupção. Mas também criticou duramente o que chamou de abuso de poder dos policiais, procuradores e juízes federais no uso de delações premiadas nas devassas do mensalão e do petrolão. Não teria, então, ele, a seu ver, caído em contradição?

 

4 – Carolina – No mesmo Jornal Nacional, Haddad fez um relato muito otimista sobre seu desempenho como ministro da Educação do governo Lula, referindo-se a vários programas na área. No entanto, naquele mesmo dia, os meios de comunicação destacaram a notícia de que o Brasil ficou estagnado no Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas exatamente por causa das graves deficiências estruturais de nossa educação. Se a gestão petista tivesse sido tão boa como ele propaga, o IDH teria sido tão negativo e decisivo como foi noticiado?

 

5 – Haisem – Discutindo ainda alguns aspectos específicos da última sabatina de presidenciáveis no principal telejornal da Globo, Fernando Haddad justificou sua derrota no primeiro turno para João Dória em 2016 a erros cometidos pelo eleitorado por indução de seus adversários políticos. O que você acha que o grande filósofo francês Jean-Paul Sartre teria a dizer a respeito dessa transferência de culpa para mais fracos e sem defesa?

 

6 – Carolina – Na semana passada, tivemos oportunidade de conversar com você aqui a respeito do furo de reportagem de nosso colega Pedro Venceslau ao publicar no Estadão entrevista exclusiva do ex-presidente nacional do Partido da Social Democracia Brasileira Tasso Jereissati em que este admitiu erros de seu partido na campanha de 2014. Você tem uma ideia da causa de Fernando Haddad ter citado com tanta insistência essa autocrítica do ex-governador do Ceará como resposta às perguntas dos dois apresentadores do telejornal a respeito de notícias de crimes atribuídos pela Justiça a seus companheiros de partido?

 

7 – Haisem – Por que a candidata a vice-presidente na chapa do presidenciável do Partido Democrático Trabalhista Ciro Gomes, senadora Kátia Abreu, cobrou de Fernando Haddad a omissão dele durante o processo de impeachment da ex-presidente petista Dilma Rousseff. Ela tem alguma razão?

 

8 – Carolina – O que você tem a dizer sobre o piti dado pelo citado candidato Ciro Gomes no Amapá, empurrando e incitando a massa de apoiadores contra um repórter que lhe fez uma pergunta comum, que ele considerou ofensiva?