Hábito de delatar
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Hábito de delatar

E-mails que Odebrecht encontrou no computador de casa põem defesa de Lula tonta em busca de argumentos para refutá-los

José Nêumanne

01 Março 2018 | 10h56

Lula pede ao TRF-4 para retirar Moro de seu caminho porque o juiz fez palestra na Petrobrás, que ele ajudou a quebrar Foto: Rafael Arbex/Estadão

Quando lhe foi apresentada pela primeira vez a possibilidade de negociar uma delação premiada para atenuar sua pena, o empreiteiro Marcelo Odebrecht disse detestar tanto delator que, quando as filhas brigam, ele pune mais a delatora do que a infratora. Quando percebeu que teria pena a cumprir no inferno prisional, ele pensou melhor e agora já parece habituado a delatar. É o que indica o fato de ter entregue ao juiz Sérgio Moro uma série de e-mails que podem ser usados como provas contra Lula no inquérito que apura a eventual troca de propinas pela reforma no sítio Santa Bárbara, em Atibaia. Pelo visto, ainda há muito caroço neste angu e a defesa do petista parece cada vez mais tonta diante de cada leva revelada por ele.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quinta-feira 1.º de março de 2018, às 7h40m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Habeas corpus, de Noel Rosa, clique aqui

Assuntos comentados no dia:

Eldorado 1.º de março de 2018  Quinta-feira

1 Haisem Marcelo Odebrecht entrega e-mails sobre reforma do sítio para Sérgio Moro.

2 Carolina Odebrecht usa caixa dois em campanha no Peru

3 Haisem TRF 4 nega pedido de suspeição de Moro por defesa de Lula que alegou que o juiz orientou defesa da estatal em palestra na Petrobrás, que contratou advogado para ajudar na acusação ao petista

4 Carolina Lula dá entrevista exclusiva à Folha dizendo que vai brigar até ganhar

SONORA Habeas corpus Noel Rosa com Caola

https://www.youtube.com/watch?v=osZs8L6ZJ34