Governo terceirizado
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Governo terceirizado

Além de distribuir fatias do erário entre deputados que lhe garantem permanência na Presidência, Temer pretende transferir para STF decisão sobre criar frete mínimo para atender a caminhoneiros.

José Nêumanne

31 Julho 2018 | 11h36

 

 

Em reunião na Fiesp, Temer conta a empresários que repassará decisão sobre frete mínimo ao STF. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press

A informação dada pelo presidente Michel Temer num encontro durante o almoço com empresários de São Paulo de que vai transferir para o Supremo Tribunal Federal a decisão sobre fixação de um frete mínimo para, com isso, atender à reivindicação de caminhoneiros e transportadoras que provocaram pane seca e crise de desabastecimento de víveres e derivados, é uma transferência inconstitucional de poder. Impopular, chefe de um governo incompetente e desinformado, o emedebista tem passado a responsabilidade de governar, que lhe cabe, aos Poderes Legislativo e Judiciário por falta de coragem e compreensão mínima da crise real, tragicamente agravada por aquele movimento.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – 107,3 FM – na terça-feira 31 de julho de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Mambo da Cantareira, com Fagner, clique aqui

 

Abaixo, os assuntos para comentário da terça 31 de julho de 2017

 

SONORA Mambo da Cantareira Fagner

https://www.youtube.com/watch?v=bOESgAllXKw

 

1 – Por que Temer quer levar a questão do tabelamento do frete, que ele aceitou decretar em troca da paralisação dos movimentos dos caminhoneiros, ao Supremo Tribunal Federal?

 

2 – A Agência Nacional de Saúde Complementar fez bem em voltar atrás na cobrança de 40% do valor de procedimento em planos de saúde?

 

3 – O que o estado de alerta sobre o nível de Cantareira ensina a população da maior e mais rica cidade brasileira em termos de espírito público e em espírito de prevenção da autoridade pública que deveria ser mais responsável?

 

4 – Que explicações você seria capaz de dar para o fato de até agora as tão decantadas e divulgadas delações da Lava Jato, feitas há quatro anos, só terem ocasionado uma condenação de político com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal?

 

5 – Você acha que a iniciativa do ex-ministro Tarso Genro de propor o apoio do PT à candidatura de Guilherme Boulos pelo PSOL tem alguma chance de abalar a decisão monolítica do presidenciável do partido, Lula, de insistir em disputar a eleição, mesmo preso?

 

6 – Por que o juiz Sérgio Moro estranhou o fato do militante petista Cândido Vacarezza se declarar incapaz de pagar a fiança cobrada em lei ao mesmo tempo em que lança a própria pré-candidatura para deputado federal?

 

7 – Será que o ministro Alexandre de Moraes não tem razão ao considerar ínfimo o total de liminares concedidos por ministros do Supremo Tribunal Federal a ações que questionam leis, decretos, resoluções e medidas provisórias do Poder Executivo?

 

8 –Você acha que o formato de anúncio comercial é adequado e suficiente para  Neymar Júnior dar a volta por cima depois do fracasso do Brasil e o desgaste de sua imagem na Copa da Rússia?