Governo na hora da xepa

Governo na hora da xepa

Na zorra total da crise do PSL, com governo aparentando estar nas cordas, arqui-inimigo do presidente, Lula, posa de herói para sair da cadeia, voltar à Presidência pelo voto e vingar-se de Moro e da Lava Jato

José Nêumanne

21 de outubro de 2019 | 17h40

Ao chegar ao Hotel Imperial, em Tóquio, Bolsonaro disse a jornalistas que na crise do PSL “o bem vencerá o mal”. Foto: José Dias/PR

O governo de Bolsonaro acabou. O STF suspendeu Medida Provisória do presidente e o Congresso vai atropelar seus vetos. Seu filho não será embaixador em Washington. Bolsonaro perdeu a autoridade. Tem duas possibilidades, ser habitante do palácio por 3 anos ou não terminar o mandato.  A segunda hipótese é mais provável. Enquanto isso, seu arqui-inimigo Lula articula a anulação da própria condenação, encena a figura de mártir e por isto não quer a prisão domiciliar nem pagar multa de R$ 4,9 milhões. Mas é tudo jogo de cena. Ele vai candidatar-se a presidente e enganar de novo o mesmo eleitorado que enganou antes e Bolsonaro também.

Para ouvir clique no ícone de play na imagem abaixo:

Assuntos para comentário da segunda-feira 19 de outubro de 2019

1 – Haisem Você acha que a crise no PSL, legenda pela qual se elegeu o presidente Jair Bolsonaro, e a sequência de demissões disparadas do Palácio do Planalto podem comprometer de vez a governabilidade da atual gestão

2 – Carolina – Pelo que você está acompanhando das reações do presidente Jair Bolsonaro, qual é a posição dele sobre a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que autoriza a prisão de condenados na segunda instância e voltará a ser debatida em plenário amanhã

3 – Haisem – Será que, depois das últimas medidas que tomou no alto comando da articulação política de sua base de apoio, o presidente da República ainda pode chamar o que está fazendo de “nova politica”

4 – Carolina – No jogo do poder no comando do STF que ministro, afinal, está no momento exercendo o poder de fato

5 – Haisem – O que chamou sua atenção na notícia dada no Estadão de ontem pelos repórteres Rafael Marques Moura, Renato Onofre e Tânia Monteiro sobre o que eles chamaram de Os ‘Caminhos Secretos’ do Poder

6 – Carolina – Em que estado você acha que estarão as praias nordestinas depois do desastre ecológico provocado pelo despejo de óleo cru no Atlântico Sul

SONORA_MARINHA 2110 A

7 – Haisem – Quem você acha que tem razão na disputa entre Ministério Público Federal e governadores do Nordeste de um lado e o governo federal do outro no que tange à limpeza das praias da região

SONORA_BARBOSA 2110

8 – Carolina – Qual, a seu ver, a mudança importante havida na cúpula da imprensa brasileira provocada pela decisão do Supremo Tribunal Federal de derrubar a jurisprudência da prisão após segunda instância

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.