Glenn, o americano intranquilo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Glenn, o americano intranquilo

PF prendeu 4 hackers acusados de terem invadido celulares de agentes da lei que combatem corrupção, entre eles Moro, alvo do conta-gotas de escândalos anunciados por Greenwald via The Intercept Brasil

José Nêumanne

24 de julho de 2019 | 12h00

Greenwald em momento “família” fora dos padrões americanos, com o companheiro, David, e os filhos brasileiros adotados, em seu lar, doce, lar, no Rio. Foto: Dado Galdieri/The News York Times

Sabe aquele romance de Grahan Greene, O Americano Tranquilo? Pois acho que a operação Spoffing da PF, que prendeu 4 hackers acusados de invadirem os celulares de Moro e outros agentes  da lei empenhados no combate à corrupção, está tirando o sono do gringo Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, que, com seus parceiros brasileiros Folha de S. Paulo,  Veja e BandNews, divulga supostas mensagens trocadas entre o ex-juiz e  o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Dallagnol, causando estardalhaço inversamente proporcional à gravidade das denúncias que promete publicar. Por enquanto, o inquérito corre em segredo de Justiça, mas, se esse sigilo cair, a vaca pode torcer o rabo, né? Direto ao assunto. Inté. Só a verdade nos salvará.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.