As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Gilmar tira Mantega da Lava Jato

STF fez favor a ex-ministro petista da Fazenda. ao tirar de Curitiba ação em que é delatado de ter pegado propina para seu bolso e cofres do PT em seu gabinete em troca de Odebrecht escrever MPs para receber favores fiscais

José Nêumanne

04 de setembro de 2019 | 21h30

 

Mantega é acusado em delações premiadas de vender MPs à Odebrecht em seu escritório de ministro da Fazenda por 9 anos e Gilmar lhe fez o favor de transferir ação para lugar desejado pela defesa. Foto: Ed Ferreira/Estadão

Genovês como Colombo e ministro da Fazenda por longos 9 anos, atuando nos governos Lula e Dilma, do PT, Mantega poderia se ter destacado por isso, mas alcançou destaque policial. Foi delatado na Lava Jato por ter seguido o antecessor, Palocci, pegando propina no gabinete do ministério da Fazenda para dar à empreiteira corrupteira da Lava Jato autoria de MPs que a favoreciam. Mas Gilmar o tirou do alcance de Curitiba e o transferiu para a Justiça de Brasília. Que mau exemplo!