Fugindo de novo…

Fugindo de novo…

Eike fugiu de novo da PF, que não consegue explicar por que isso acontece nas suas barbas

José Nêumanne

27 de janeiro de 2017 | 11h48

cabralpreso2

Preso em Bangu, Cabral deve invejar sorte de Eike, o sócio foragido

É verdade que Eike Batista vem de antes do reinado petralha e figurou entre os dez mais ricos do mundo da Forbes quando ainda não produzia nada. Mas Lula e Dilma é que investiram pesado nele em sua regência de 13 anos, 5 meses e 12 dias, quando o chamado mercado já tinha precificado a ganância iludida dos investidores nacionais e internacionais que caíram no conto dos lançamentos espetaculares de ações, pastéis de vento, de petroleiras, mineradoras e outros negócios do Xis, mais do que da China, desse filhinho do papai. Não precisava ter um desconfiômetro mais refinado para perceber que a casa do dândi já estava caindo quando Lula o fez campeão sem nunca ter disputado jogo nenhum.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – da sexta-feira 27 de janeiro de 2017, às 7h13m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.