Folia à nossa custa

Folia à nossa custa

Ex-tesoureiro do PT financiou desfile de carnaval com propinas

José Nêumanne

05 de julho de 2016 | 10h11

Viviane, rainha da folia do pixuleco

Viviane, rainha no carnaval do pixuleco de Paulo

Na Operação Abismo Polícia Federal e Ministério Público Federal devassam propinas pagas para reforma do centro tecnológico da Petrobrás no Rio pra se modernizar em extração de petróleo em águas profundas e amplia a variedade do furto petista: quarto ex-tesoureiro do PT envolvido em escândalo na política e na Justiça e marido de Tereza Campello, ex-ministra do Desenvolvimento Social de Dilma, Paulo Ferreira recebe segunda ordem de prisão simultânea por ter cobrado propina pro partido e pra ajudar escola de samba gaúcha no carnaval. Com pixuleco à parte prum mensalinho  robusta Rainha da Bateria.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 4 de julho de 2016, às 18 horas)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da rádio, no play sob o anúncio em azul

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.