FlaXFlu no SBT bate Globo

Rubro-negro da Gávea venceu Fluminense na final do campeonato carioca de futebol de 2020. com gol no último minuto, e aumentou diferença de títulos regionais para rival, 36 a 31

José Nêumanne

17 de julho de 2020 | 21h23

Vitinho saiu do banco de reservas no segundo tempo para marcar o gol da vitória do Flamengo sobre o Fluminense, sagrando-se campeão carioca de 2020. Foto: Ricardo Moraes/Reuters

A chantagem da Globo tentando impor seu império na audiência esportiva remunerando a transmissão dos jogos do Flamengo, clube mais popular do Brasil, adotando como padrão clubes cariocas, e não os maiores paulistas, com os quais o rubro-negro da Gávea disputa a primazia do melhor futebol jogado no Brasil terminou virando notícia inesperada: o FlaXFlu decisivo do 36.º título carioca do Fla bateu Jornal Nacional em audiência. Testemunhei este fato inédito e, em seguida, fui obrigado a constatar o clima de velório com que o SporTV tratou a final que mereceu do grande tricolor Nélson Rodrigues a definição de “40 minutos antes do nada”. Não me orgulho da empáfia das campanhas de publicidade do clube por cujo time torço nem da insensibilidade com que sua diretoria tratou a tragédia do incêndio que sacrificou os “garotos do ninho” ou a forçada de barra para voltar em plena pandemia, mas isso nada tem que ver com o feito esportivo, a exigir melhor tratamento na TV. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.