Estado Islâmico no Brasil

Estado Islâmico no Brasil

Denúncia do Ministério Público acusa 11 brasileiros de fazer parte de organização criminosa que promove grupo terrorista, recruta jihadistas e chegou a planejar atentados nos carnavais do Rio e de Salvador

José Nêumanne

17 de maio de 2018 | 12h11

Imagem aterrorizante do terrorista pronto para degolar o refém fica agora mais perto de nosso cotidiano Foto: Reprodução Youtube

A notícia assustadora dada em manchete de duas linhas na primeira página do Estadão – MPF acusa brasileiros de promover Estado Islâmico e planejar ataque – assusta, mas não é tão inesperada assim. Afinal, o terrorismo de fundamentos religiosos ou políticos apavora o mundo inteiro e nosso país faz parte deste mundo louco com uma agravante: também aqui se trava agora uma guerra estúpida, bárbara e animalesca em torno de ambições de poder, o que serve de cenário ideal para esse conflito irracional de fé, faca amolada. O país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza é, na verdade, o palco da carnificina impiedosa do crime organizado, cujo trabalho é facilitado pelo banditismo cínico e sem limites de políticos e gestores públicos.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – da quinta-feira 17 de maio de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Até quando, com Gabriel, o Pensador, clique aqui

 

 

Abaixo, assuntos do comentário da quinta-feira 17 de maio de 2018:

 

1 – Haisem Qual a sensação de acordar a dar com a manchete em duas linhas do Estado de S. Paulo a partir de uma reportagem de Tulio Kruse, segundo a qual o MPF acusa brasileiros de promover Estado Islâmico e planejar ataque?

 

2 –  Carolina Que tipo de lições podemos tirar do escândalo do qual saiu demitido o presidente do INSS?

 

3 – Haisem A perícia da Polícia Federal que atesta que 700 mil reais originários de propinas da Petrobrás e achados nos computadores da Odebrecht foram usados na reforma do sítio que o Ministério Público Federal atribui a Lula, confirmando delação premiada do engenheiro Emy Diniz Costa Júnior?

 

4 – Carolina Quando Temer comemorou a recuperação da economia do País sob seu governo na comemoração do segundo aniversário em palácio, ele não sabia que o Banco Central anunciaria a surpreendente e decepcionante retração econômica do primeiro trimestre ou simplesmente mentiu na maior cara dura?

 

5 – Haisem Você não acha que a reação do ministro das Relações Exteriores do Brasil, senador Aloysio Nunes Ferreira, fugindo inteiramente aos ademanes e delicadezas da diplomacia, ao documento assinado por ex-governantes de Espanha, França, Itália e Bélgica protestando contra a eventual proibição de Lula ser impedido de se candidatar na eleição presidencial?

 

6 – Carolina Será que a delação do ex-assessor do ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, dando conta de que a escolha do Rio para sediar a Olimpíada de 2016, ainda surpreendeu alguém nos meios de comunicação ou no mundo desportivo, que acreditasse que a escolha tivesse sido limpa?

 

7 –Haisem O Ministério Público Federal fez bem ou exorbitou ao denunciar Joesley Batista, o chefão da JBS, seu assessor jurídico, Francisco de Assis, e o procurador da República Angelo Goulart, neste momento em que o Supremo Tribunal Federal ainda mantém em suspenso o cancelamento dos termos em que foi assinada a delação premiada dos machantes goianos?

 

8 – Carolina O ex-vereador Maninho do PT e seu filho Leandro Marinho se entregaram à polícia ontem para cumprir ordem de prisão pela acusação de agressão contra o empresário Carlos Alberto Bettoni, que os dois empurraram à frente do Instituto Lula pelo crime de enfrentar a massa? Será que não está faltando alguém, passando incólume nessa história?

 

 

SONORA Até quando Gabriel O Pensador

https://www.youtube.com/watch?v=rH5TRzmOVFo

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.