As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Esquerda sem voto contra Moro

Deputados contra combate à corrupção tentam constranger ministro da Justiça por causa de "vazamentos" até agora sem autenticação, mas tentativa de prender juiz para soltar ladrão esbarrará na vontade do povo, que os despreza

José Nêumanne

02 de julho de 2019 | 16h51

Como no Senado e, principalmente, depois das manifestações de rua, Moro foi à CCJ da Câmara consciente de que, na pior das hipóteses, seu futuro político está garantido. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Venho aqui manifestar minha indignação contra o fato de um punhado de deputados de esquerda corruptos e sem voto usarem dispositivos de representação de uma Constituição, que de cidadã, como dizia o dr. Ulysses, não tem nada, mas é mesmo malandrinha, para tirar o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, ídolo popular, de suas obrigações de combater crime e corrupção para responder a perguntas hipócritas, capciosas e mentirosas numa inversão de papéis em que os meliantes querem ficar soltos, soltar Lula e prender o juiz. Danem-se! Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique aqui

Tendências: