Enfim, zero morte por covid em São Paulo

No primeiro dia da pandemia sem registro de morte em 24 horas no Estado de São Paulo, governo atribui o feito à velocidade da vacinação, apesar da campanha contrária de Bolsonaro e sua gente

José Nêumanne

09 de novembro de 2021 | 12h42

Filomena Benedito recebe a vacina contra a covid-19 na UBS Butantã, e a vacinação é apontada plelo secretário da Saúde do Estado de São Paulo como causa do primeiro dia sem registro de mortes. Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O Estado de São Paulo não registrou na segunda-feira 8 de novembro de 2021 nenhum óbito por covid-19. Segundo o governo, é a primeira vez que isso ocorre desde o início da pandemia – no ano passado em algumas datas nos meses de novembro e dezembro não houve registro de óbito, mas isso foi causado por problemas no sistema de registro. Outros sete Estados também não registraram mortes: Acre, Amapá, Goiás, Minas Gerais, Rondônia, Roraima e Sergipe. O que mais impressiona é que, apesar da conexão lógica dos fatos, exposta pelo secretário da Saúde Jean Gorenstein e, entrevista a Carolina Ercolin na Rádio Eldorado, ainda há quem resista à vacinação no Brasil, incluindo o presidente Bolsonaro. E quem lutou por ela, como João Doria, não reproduz a popularidade da vacina nos índices de apoio a ele na eleição.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na terça-feira 9 de novembro de 202.

1 – Após 24 horas,  São Paulo tem 24 horas sem registro de morte por covid – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão de 9 de novembro de 2021. O que dizer desta boa nova e o que ela representa para o futuro

2 – Parlamentares planejam drible na decisão do STF de barrar emendas – Este é o título de chamada de primeira página do jornal desta terça-feira. Quais são, a seu ver, as possibilidades de o presidente da Câmara conseguir derrotar no plenário do Supremo Tribunal Federal a liminar da ministra Rosa Weber pondo fim à falta de transparência das tais emendas do relator

3 – Bolsonaro não tentou intervir na PF, ele interveio – Este é o título do artigo de sua autoria publicado no Blog do Nêumanne no portal do Estadão de hoje. Em que você apoia esse argumento

– Órgão encarregado do Enem vê demissões em massa de servidores – Este é o título de uma chamada de primeira página no Estadão do dia. O que explica essa novidade e que consequências ela poderá ter na educação pública do País

5 – Transporte corre para desenvolver soluções carbono zero – Este é o título de uma chamada de primeira página do jornal que está circulando – O que está sendo feito e poderá resultar em algo positivo no combate à poluição com mudanças nos motores dos ônibus que circulam nas cidades

6 – Moro busca MBL e nomes ligados a Huck para ampliar grupo político em 2022 – Este é o título de uma chamada de primeira página do portal do Estadão que está no ar. Em que essa novidade pode alterar a disputa pela terceira via capacitando-a a por fim à polarização entre Lula e Bolsonaro na disputa do segundo turno da eleição presidencial do ano que vem

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.