Elite do PT na cadeia

Após ter roubado na Papuda, onde cumpria pena, passado quase um ano atuando em comícios da campanha perdida do PT para presidente e sido condenado a 39 anos e 7 meses de cadeia, Dirceu foi mandado para a prisão

José Nêumanne

17 de maio de 2019 | 21h43

Qual noiva arrependida de haver marcado casamento, Dirceu deu canseira na PF, que esperou para muito além do prazo sua apresentação na prisão. Foto: Rodrigo Felix/Futura Press

Após o fim do ano sabático concedido por Toffoli, Gilmar e Lewandowski a José Dirceu e a decretação de sua prisão, chegou-se ao ponto em que os três chefões do PT em 2003, Lula, então presidente, Palocci, ministro da Fazenda e o próprio Dirceu, chefe da Casa Civil, começaram a cumprem penas pesadas por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da sexta-feira 17 de maio de 2019 clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.