E os donos da Vale?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

E os donos da Vale?

O capitalista George Soros é acionista que investe na Vale, cujos verdadeiros donos são sindicalistas e funcionários do BB na Previ, governo brasileiro, Bradesco e australianos. Por onde andarão?

José Nêumanne

30 de janeiro de 2019 | 21h26

Os verdadeiros donos da Vale nem sequer se solidarizaram publicamente com vítimas e aqueles que as buscam. Foto: Antonio Lacerda?EFE

Os grandes acionistas da Vale, que não serão mesmo acusados pelo crime contra a humanidade cometido na represa de rejeitos minerais de sua propriedade no Córrego do Feijão em Brumadinho até agora, nunca se manifestaram à altura da imensa tragédia provocada pela ganância e pela incompetência de seus executivos e de seu corpo técnico. Há uma espécie de crendice popular segundo a qual o “dono” da mineradora é o capitalista George Soros. Ele é um acionista e não deve estar nada satisfeito com os prejuízos que ela está somando aqui. Na verdade  os controladores acionários são o Previ, comandado por sindicalistas e funcionários do BB, uma empresa australiana, o BNDES e o Bradesco. Este foi um dos comentários que fiz no Estadão às 5, ancorado por Emanuel Bomfim e transmitido do estúdio da TV Estadão na redação do jornal por Facebook, Twitter e Facebook na quarta-feira 30 de janeiro de 2019, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique aqui

 

Tendências: