…e Deus só por alguns

…e Deus só por alguns

Lula se meteu na disputa da presidência da Câmara como espírito de porco

José Nêumanne

14 de julho de 2016 | 11h07

Marcelo Castro, só pra contrariar

Marcelo Castro, só pra contrariar

“Cada um por si e Deus só por alguns” – este foi o título de meu artigo na página 2, de Opinião do Estadão, nesta quarta, 13 de julho, a respeito da eleição para presidente da Câmara dos Deputados com total recorde de candidatos – inscreveram-se 17. “Loja de conveniência” – é o título de artigo de Rosângela Bittar no Valor Econômico descrevendo o carnaval do bloco do eu sozinho em que a disputa se transformou com a presença nefasta do ex Eduardo Cunha. Parte por causa do cochilo do Planalto, parte pela intromissão indevida do espírito de porco Lula da Silva ao mandar seus vassalos do PT votarem no ex-ministro de Saúde Marcelo Castro.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – da terça-feira 12 de julho de 2016, às 18 horas)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.