Direito de espernear

Lacerda e Arraes têm razão em reclamar contra pacto do PT com PSB, que rifaram suas candidaturas aos governos de Minas e Pernambuco, mas dificilmente evitarão que acordo que prejudica Ciro seja desfeito

José Nêumanne

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Restam 4 de 5 matérias gratuitas no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Socialista Lacerda recorrerá à Justiça contra sua exclusão do pleito e não apoiará petista Pimentel. Foto: Mariela Guimarães/O Tempo

O Estadão registrou no alto da primeira página de sua edição de sexta-feira 3 de julho de 2018 que “rifados resistem a acordo PT-PSB”, noticiando que a vereadora petista de Recife (PE) Marília Arraes e o ex-prefeito socialista de Belo Horizonte (MG) Márcio Lacerda não aceitam o cancelamento de suas candidaturas aos governos de seus Estados para garantir a neutralidade do partido fundado por Miguel Arraes, que prejudica as pretensões de Ciro Gomes, do PDT. O pacto pelo qual o PT pernambucano apoiará Paulo Câmara, do PSB, e este ajudará a reeleger Fernando Pimentel em Minas, contudo, dificilmente será cancelado na Justiça. Aos prejudicados resta apenas reclamar, lamentar e criticar.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107.3 – na sexta-feira 3 de agosto de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Prepare o pinote, com Bezerra da Silva, clique aqui

 

Abaixo, os assuntos para o comentário da sexta-feira 3 de agosto de 2018

 

SONORA Prepare o pinote Bezerra da Silva

https://www.youtube.com/watch?v=eCYcoVPFsTM

 

1 – Haisem – Será que o socialista mineiro Márcio Lacerda e a petista pernambucana Marília Arraes conseguirão impor suas candidaturas próprias para governador de seus Estados e com isso melar o pacto diabólico do PT de Lula com o PSB de Paulo Câmara?

SONORA_LACERDA 0308

 

2 – Carolina – O candidato do PDT à Presidência da República Ciro Gomes se tem comportado como marido traído no pacto da neutralidade do PSB para atender ao PT e só isso basta para mostrar quem mais foi prejudicado. A questão agora é saber: alguém foi beneficiado. Quem terá sido?

 

3 – Haisem – Veteranos da análise política sempre atribuem à máquina partidária e ao poder de fogo da Presidência da República grande influência na eleição presidencial. Se isso é verdade, por que ninguém leva a sério a candidatura de Henrique Meirelles pelo MDB, mesmo depois da consagração com grande maioria de votos na convenção do MDB?

SONORA_MEIRELLES 0308

 

4 – Carolina – Seguindo no rumo inverso seu raciocínio a respeito de quem se beneficiou do golpe de dedos de Lula quem você acha que mais saiu prejudicado com a vitória do ex-ministro da Fazenda de Temer e ex-presidente do Banco Central de Lula na convenção do MDB?

 

5 – Haisem – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, age dentro de seu quadradinho, ou, como prefere Ciro Gomes, de sua ccaixinha,  ao advertir que a insistência em registrar candidaturas de políticos inelegíveis, como Lula, pode prejudicar confiança na democracia?

 

6 – Carolina – Os advogados da família Vieira Lima pediram ao Supremo Tribunal Federal a quebra do sigilo bancário da Polícia Federal para ficarem sabendo quem delatou o apartamento do dinheiro vivo do clã. Será que a família quer bater o Guiness da cara de pau do século, Nêumanne?

 

7 – Haisem–O que você tem a dizer sobre a publicação no Diário Oficial da desistência do governo de nomear para a diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar de Davidson Tolentino de Almeida, que foi citado em investigação da Lava Jato?

 

8 – Carolina – Hoje é dia de entrevista semanal nova no Blog do Nêumanne. Quem é o entrevistado e o que ele lhe disse de interessante para motivar a leitura do pingpong, como se diz na gíria do jornalismo?

 

 

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Siga o Estadão