Dilma sabia

Dilma sabia

Mito da imaculada Dilma posto por terra no depoimento do empreiteiro condenado

José Nêumanne

14 de setembro de 2016 | 11h32

Leo prometeu contar tudo ao juiz

Leo prometeu contar tudo ao juiz. Vai ser um deus-nos-acuda.

Depois que teve sua delação premiada interrompida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o empreiteiro Léo Pinheiro, da OEA, ressurgiu de surpresa em cena para encerrar de uma vez a falsa reputação de ilibada de Dilma Rousseff, contando que o ex-ministro de relações institucionais do primeiro desgoverno dela participou de uma reunião na qual ele combinou pagamentos a serem feitos em caixa 2 e propina para anular CPMI da Petrobrás. Em depoimento ao juiz Sergio Moro, o magnata suspeito, que está preso, afirmou que comprou a cúpula da CPMI: Vital do Rego (PMDB), Gim Argelo, ( PTB), e Marcos Maia (PT). E disse que está pronto para contar TUDO o que sabe.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – da quarta-feira 14 de setembro de 2016, às 7h20m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.