As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Desemprego prejudica crescimento

Redução pela metade do auxílio emergencial provoca grande impacto na queda do PIB este ano, mas, segundo especialistas, o que dificulta mesmo a retomada da economia pós-pandemia é a pequena oferta de emprego

José Nêumanne

21 de setembro de 2020 | 20h46

Desempregado desde novembro, o autônomo que trabalhava fazendo entregas e teve o carro roubado, Victor Hugo Machado Francisco vasculha empregos na internet: ‘Não tenho dinheiro para ir até as empresas’. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Segundo o economista-chefe da consultoria MB Associados, Sergio Vale, a redução do auxílio a R$ 300 entre setembro e dezembro terá impacto direto na atividade econômica. Nas suas contas, o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 deve cair 4,8%, considerando o auxílio de R$ 300 a partir de setembro. “A diminuição do auxílio para a metade do valor tirará 2,3 pontos porcentuais do que poderia se evitar de queda do PIB este ano”, explicou. “O coronavoucher foi um movimento correto, mas tem de acabar mesmo, porque ele é tão caro que não é sustentável”, segundo o economista José Roberto Mendonça de Barros, sócio da MB. A questão não é o fim do auxílio, mas a ausência de uma recuperação dos empregos e da atividade permanente e que a economia comece a andar sozinha, com a volta dos investimentos. “O motor do investimento é o mais importante, e está ruim.”

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário na segunda-feira 21 de setembro de 2020

1 – Haisem – Desemprego e auxílio menor travam crescimento – diz título de primeira página na edição impressa do Estadão de hoje. O que você tem a dizer sobre as conseqüências práticas dessa constatação na crise da  economia e, em conseqüência, na luta política nas eleições gerais de 2022

2 – Carolina – Bolsonaro vai rebater críticas a seu governo – Este é o título de chamada do alto da primeira página de nosso jornal. Quais são, a seu ver, as chances de essa defesa encontrar eco na sessão de abertura da Organização das Nações Unidas, e poder reverter conseqüências nefastas para investimento e comércio exterior neste momento crítico mundial

3 – Haisem – 54% aprovam a gestão Covas no combate à pandemia – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão hoje. Em que, na sua opinião, este índi8ce pode influir na decisão do eleitorado paulistano na eleição municipal do maior município brasileiro no fim do ano

4 – Carolina – Ex-chanceleres endossam críticas de Maia sobre visita de Pompeo ao Brasil – Este é o título de chamada de capa do Portal do Estadão disponível ao assinante do jornal neste momento. O que você acha da visita a Roraima, da crítica do presidente da Câmara dos Deputados e desta opinião dos ex-ministros das Relações Exteriores a respeito

5 – Haisem – O bolsonarismo, segundo Felipe Moura Brasil – Este é o título da notícia dada no Blog do Nêumanne a respeito do sexto vídeo da série Nêumanne entrevistaem seu canal no YouTube. Quais são as revelações do apresentador do Papo O Antagonista que você nos traz

6 – Carolina – Flamengo revela que seis jogadores com covid-19; Conmebol não adia partida da Libertadores – Este é o título de chamada da capa do Portal do Estadão. O que você acha disso tudo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: