Deputado falsifica autógrafo de senador
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Deputado falsifica autógrafo de senador

Wellington Roberto, acha normal ter assinado pelo senador Jorginho Mello e pelo presidente de seu partido, PL, Costa Neto, apoiando Fundão Eleitoral, cínica confissão de quebra de decoro parlamentar

José Nêumanne

07 de dezembro de 2019 | 16h08

Wellington Roberto reconheceu cinicamente ter assinado pelo senador Jorginho Mello e pelo presidente de seu partido, Waldemar Costa Neto, como se isso fosse legal. Foto: Agência Câmara

O relator do Orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE), justificou o absurdo de ter aumentado verba do Fundo Eleitoral para eleições municipais de 2020 de R$ 2 bi para R$ 3,8 bi em documento em que vários parlamentares exigiam o aumento. Entre as assinaturas constava a do senador Jorginho Mello (PL-SC), que negou ter assinado. O Antagonista descobriu que seu autógrafo foi falsificado pelo correligionário Wellington Roberto (PL-PB), que confessou crime de falsidade ideológica e disse que também falsificou o do presidente do partido, Waldemar Costa Neto (PL-SP), que, condenado cumprindo pena, nem congressista é. Solução é voltar ao valor original, ou menor, e cassar mandato do falsário. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: