Democracia representativa, uma ova!

Na teoria, Legislativo é poder que representa povo e assim age, submetendo presidente a seguidas humilhações, embora o conceito basilar do "cada cidadão, um voto" só vale mesmo para chefes do Executivo

José Nêumanne

04 de março de 2020 | 20h43

Alcolumbre e Rodrigo exercem o poder em nome do povo, mas ninguém no comando da Câmara e do Senado teve votos suficientes para adotar essa empáfia. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Democracia representativa no Brasil é uma piada velha e sem graça, pois a escolha dos parlamentares para exercê-la não obedece ao critério fundamental de “cada cidadão, um voto”. Essa conta só se exerce na escolha dos chefes de Executivo federal, estaduais e municipais. Bolsonaro abriu mão de R$ 15 bilhões para congressistas distribuírem com quem quiserem porque quis, não era obrigado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.