Del Priore destaca a voz da mulher

Del Priore destaca a voz da mulher

Historiadora diz que "as mulheres falam e os homens escutam" em seu último livro "Sobreviventes e Guerreiras" e no vídeo da série Nêumanne Entrevista" no YouTube

José Nêumanne

08 de novembro de 2020 | 20h48

A historiadora Mary Del Priore elogiou o papel desempenhado pela imprensa brasileira no combate à pandemia ao garantir acesso dos cidadãos brasileiros à informação para reduzir a velocidade do contágio da covid-19, subsituindo a política errática do governo federal, em mais um vídeo da série Nêumanne entrevista. No texto dela, publicado na orelha desse livro, ela registrou uma conquista da luta das mulheres contra a violência machista: “Hoje as mulheres falam, e os homens escutam”. A doutora pela USP, que está lançando seu livro “Sobreviventes e Guerreiras – Uma breve história da mulher no Brasil de 1500 a 2000”, comentou a iniciativa de deputadas que pretendem aprovar a lei Mari Ferrer, inspirada na Maria da Penha, para combater abuso de agentes da Justiça no julgamento de mulheres que acusam homens de estupro. E também contou as pressões que sofreu quando editou seu livro mais badalado, “Matar para não morrer”, sobre o assassinato do escritor Euclides da Cunha pelo general Dilermando de Assis. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.