Decurso e cansaço
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Decurso e cansaço

Lewandowski e Janot ajudam Dilma a adiar julgamento final do impeachment para depois do prazo

José Nêumanne

17 de junho de 2016 | 11h33

Tomás de Aquino explica

Tomás de Aquino explica

 

Trecho do Diário do Nêumanne que postei no Blog do Nêumanne, Política, Estadão:

E mesmo quando decide contra pleitos do procastinador-geral Cardozo, o presidente do STF lhe dá pretexto para insistir até vencer. Quando lhe negou a inclusão da delação de Sérgio Machado nos autos do impeachment, por exemplo, ele deixou claro que a razão era que a delação corria em segredo de justiça. Divulgados os vídeos, logo este entrou com recurso alegando que, não sendo mais secretas as gravações, podem ser utilizadas para o fim pretendido de fazer o impeachment ser derrotado por decurso de prazo.

Para ler o texto na íntegra clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: