Vício de origem

Relator que decidirá destino de correligionário foi secretário de Cabral, Garotinho e Rosinha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.