“Cristão” que serve a 2 senhores no STF

"Terrivelmente evangélico" que substituirá decano no STF, André Mendonça, na verdade, ao contrário do famoso preceito crisão, servirá na cúpula do Judiciário aos senhores Lula e Bolsonaro

José Nêumanne

07 de julho de 2021 | 16h48

Bancada que se diz “garantista” e serve a Lula e a Bolsonaro, tidos como favoritos a disputa no segundo turno em 2022, tanhará seu quarto sócio, André Mendonça. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bolsonaro disse que indicará para a vaga do decano do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, o advogado-geral da União, André Mendonça. Desde o início do mandato, o presidente indicou apenas um ministro para o STF: Kassio Nunes Marques. A promessa feita por ele, ainda no ano passado, era de que a segunda vaga seria para um nome “terrivelmente evangélico”. Nada de novo no front, FHC criou a advocacia-geral da União da costela da procuradoria-geral da União para premiar seu encarregado de soltar tucano da gaiola, Gilmar Mendes. Lula indicou o advogadinho do PT Dias Toffoli para o cargo. A novidade é que Bolsonaro fala em alguém “terrivelmente evangélico”, mas um cristão que serve a dois senhores: bajulou Lula na Folha de Londrina e Bolsonaro. Pobre pátria desamada, que não desmama.

Para ouvir comentário clique no link abaixo e, em seguida, no play:

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-070721-direto-ao-assunto

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Assuntos para comentário na quarta-feira 7 de julho de 2021

1 – Ministro que agiu contra críticos é nome de Bolsonaro para STF – Esta é a manchete de primeira página na edição impressa do Estadão deste 7 de julho de 2021. Que critérios você acha que o presidente Jair Bolsonaro usou para indicar o advogado-geral da União para ocupar a vaga do decano no Supremo Tribunal Federal

2 – Não é negacionismo, é só picaretagem – Este é o título de seu artigo publicado na página A2 do jornal, de Opinião, nesta quarta-feira. Em que você se baseia para argumentar que a omissão de Jair Bolsonaro no combate à pandemia deve-se à corrupção, e não à ideologia

3 – Dinheiro contra pandemia bancou gastos de militares – Este é o título de uma chamada de primeira página do Estadão de hoje. Quais teriam sido, a seu ver, as intenções de Jair Bolsonaro ao aumentar verbas para Forças Armadas com dinheiro que deveria ter sido gasto no combate à covid-19

4 – Senadora sugere que houve falsificação no documento do governo – Este é o título de reportagem publicada na página A8, da editoria política. O que você tem a dizer sobre mais esse exemplo de vilania de um governo em que os pedidos de impeachment do chefe continuam sendo empilhados pelo presidente da Câmara em sua mesa

5 – Economia quer cortar subsídios para reduzir o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica – Este é o título de uma chamada no alta da primeira página do jornal do dia.  O que você acha dessa decisão do governo federal de substituir incentivo fiscal por redução tributária

6  – União quer vender os Correios; procurador-geral da República contesta a forma – Este é o título de chamada de primeira página do Estadão que está circulando. Qual é sua opinião sobre essa notícia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.