As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crianças sem mãe

O baixo profundo Paul Robeson cantando Sometimes I Feel Like a Motherless Child traduz a angústia deste nosso momento histórico

José Nêumanne

14 de junho de 2016 | 17h36

J. B. Lemos, meu pai jornalístico, venerava Paul Robeson, baixo profundo americano e comunista, e me apresentou seu ídolo com uma gravação irretocável de um spiritual de domínio público dos escravos das plantations de algodão do Sul dos Estados Unidos, Sometimes I Feel Like a Motherless Child (às vezes sinto-me como uma criança sem mãe). A canção falava do desespero das crianças escravas vendidas para proprietários com terras distantes de seus pais. Escolhi esta canção pungente, muitas vezes reinterpretada, da qual não se conhece o autor, para nos servir de consolo neste momento de dor e angústia pelo qual o Brasil passa na maior crise econômica, política e moral de nosso Brasil. Há uma gravação genial de Richie Havens em Woodstock, mas preferi abrir meu comentário da Hora do Angelus do Direto da Redação 3 da Rádio Estadão com a voz com a qual ouvi o spiritual pela primeira vez.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: