Crianças desmaiam de fome nas escolas

Menino de oito anos, que caminha diariamente 30 quilômetros de ida e volta de casa num condomínio Minha Casa, Minha Vida, à escola pública em Cruzeiro, DF, desmaiou de fome num dia em que não almoçou

José Nêumanne

18 de novembro de 2021 | 17h31

Relatos de crianças desmaiando de fome durante as aulas em escolas de bairros pobres de periferia nas grandes cidades brasileiras são a face cruel do desemprego e da miséria durante a pandemia da covid. Arte: André Valente/;BBC Brasil

Thaís Carrança, da BBCNews, em São Paulo, registrou em reportagem que desmaios por fome e pedidos de doação de alimentos se tornaram rotina nas escolas públicas brasileiras, em meio ao desemprego elevado e avanço da insegurança alimentar no país. Não citado nessa reportagem foi um caso pungente ocorrido numa escola pública no bairro periférico de Brasília de Cruzeiro. Um menino de oito anos, que caminha diariamente 30 quilômetros de ida e volta de casa, num condomínio do Minha Casa, Minha Vida, no Distrito Federal, que desmaiou em plena aula porque não tinha almoçado em casa nem a instituição escolar fornecia almoço. Enquanto essa tragédia corriqueira ocorria no Brasil, Bolsonaro passeava de motocicleta no Golfo Pérsico e Lula era recebido como estadista em França, Alemanha e Espanha.

Para ouvir comentário clique no link abaixo e, em seguida, no play:
https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-181121-direto-ao-assunto?si=032ddf30123845dab048f7002183e70f
Assuntos para comentário na quinta-feira 18 de novembro de 2021

1 – Haisem – A emissora britânica BBC fez reportagem comovente sobre crianças desmaiando com fome durante aulas em escolas brasileiras. Entre elas, destaca-se o caso da criança com oito anos que caminha diariamente 30 quilômetros para ir à escola e voltar para casa no Distrito Federal. Mas na recente viagem ao Golfo Pérsico Bolsonaro pensa que pode esconder o Brasil real do mundo. Será isso possível

2 – Carolina – Alívio de encargos para setores que mais empregam avança – Esta é a manchete da primeira página da edição impressa do Estadão de 18 de novembro de 2021. A desoneração da folha de pagamentos de 17 setores empresariais passa pela Câmara. A seu ver, terá chance de ser aprovada a continuidade no Senado

3 – Haisem – Lula se encontra com o presidente da França no palácio do Eliseu – Este é o título de reportagem publicada na editoria de Política no portal do jornal que está circulando. O que justifica as honras de estadista propiciadas por Emanuel Macron ao petista em sua visita à França

4 – Carolina – Moro busca se consolidar como opção da elite econômica na 3.ª via em 2022 – Esta é a manchete da capa da edição virtual do Estadão do momento. Na sua opinião, o ex-ministro da Justiça poderá realmente concentrar os votos dos eleitores brasileiros que não aceitam optar entre Lula e Bolsonaro na eleição presidencial do ano que vem

5 – Haisem – Equilíbrio fiscal precisa ser retomado para que o País cresça – Este é o título de chamada de primeira página para a entrevista dada ao jornal pelo ex-presidente do Banco Central Affonso Celso Pastore, citado pelo ex-juiz da Lava Jato na entrevista que deu no programa Conversa com Bial da Globo. O que você acha disso

6 – Carolina – Brasil assume nova posição, mas Fundo Amazônia continua travado – Este é o título de outra chamada de primeira página do Estadão de hoje. Quais são as razões para essa constatação após o encerramento da COP 26 sobre o clima em Glasgow, na Escócia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.