Cravo e ferradura
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cravo e ferradura

A mão esquerda do relator da Lava Jato no STF paralisa a direita quando se trata de punir poderosos da República

José Nêumanne

09 Março 2018 | 12h06

Paulo Bernardo chegou a ser preso pela PF antes de ganhar foro privilegiado do STF Foto: Dida Sampaio/Estadão

Meu Direto Ao Assunto que abriu o Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na manhã de sexta-feira 9 de março de 2018 tratou do seguinte: Fachin mandou processo por organização criminosa contra Lula e Dilma para primeira instância, mas em Brasília, e não em Curitiba e manteve o foro privilegiado de Paulo Bernardo, por ser marido de Gleisi; Temer fez carta pessoal e confidencial para Raquel Dodge reclamando do pedido da PGR para quebrar seu sigilo bancário; o MST invadiu o parque gráfico da Globo, alegando que jornal patrocinou impeachment de Dilma, e está pressionando o STF a não dar habeas corpus a Lula; Jungmann pediu ao Supremo que decida quem é traficante e quem é usuário; começou a farra da abertura da janela partidária; a corrida eleitoral já contabiliza 11 candidatos com excesso de competição do centro: Rodrigo Maia lançou-se pré-candidato com discurso do novo sem citar Temer nenhuma vez; e, como revelou a manchete do Estadão, Trump aceitou discutir questão nuclear com Coreia do Norte. Alexandre Garcia abordou o Supremo mandando Lula e Dilma para primeira instância; o mesmo STF, agora por 11 a zero, limpando a área para eleição, confirmando atribuições ao TSE; e Suzane Richtofen e Ana Jatobá antecipando feriadão da Páscoa. Eliane Cantanhêde comentou as seguintes notícias: a 49ª fase da Lava Jato teve Delfim Netto como um dos alvos; 11 pré-candidatos à eleição presidencial; o encontro entre Trump e Kim; e a invasão no parque gráfico de O Globo. Em Direto da Fonte, Sonia Racy denunciou: pré-candidato, Rabello usa BNDES para se lançar à Presidência.

Para ouvir clique aqui